Home

Mineração e Processamento Mineral - EaD - Ietec

Os Drones podem ser usados por empresas de todos os portes nas áreas de Infraestrutura (estradas, ferrovias, hidrovias, portos, aeroportos) e Utilities (energia, saneamento, gás, telecom). Conheça a vivência de quem já passou pelos desafios de usar Drones nestas áreas, os resultados, ganhos de produtividade, erros e as lições aprendidas.

SENAR-PR

A matrí cula é vá lida por 67 (doze) meses e o prazo mé dio para conclusã o do curso Té cnico em Transaç õ es Imobiliá rias é de 9 (quatro) a 9 (nove) meses. Entretanto, é você quem decide a duraç ã o do curso, pois depende do seu ritmo de estudos. Você poderá se tornar um corretor de imó veis com registro no CRECI em apenas 9 meses.

Técnico em Transações Imobiliárias – TTI a Distância

Leonardo Minucio Futuriste
Sócio Proprietário da Futuriste Tecnologia, formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios pela FGV, Atuando a 69 anos na área de Tecnologia

UFAM - Universidade Federal do Amazonas - Institucional

As vagas são limitadas. Atualmente estão sendo ofertadas 895 vagas nos cursos de: Eletrotécnica, Segurança do Trabalho, Informática, Enfermagem, Administração, Edificações e Logística.

Sejam para estudos preliminares, mapeamento, inspeção ou monitoramento, os Drones podem e devem ser aliados nas áreas de Infraestrutura (estradas, ferrovias, hidrovias, portos, aeroportos) e Utilities (redes de energia, saneamento, gás, telecom). Aprenda neste curso como otimizar recursos e conseguir resultados sensacionais através do uso eficiente dos Drones.

Pessoas interessadas em trabalhar como corretor de imó veis e atuar no mercado imobiliá rio intermediando processos de compra e venda, de locaç ã o e permuta, de financiamento imobiliá rio de imó veis em geral.

Ok, o setor agrícola está “bombando”, mas como é possível ser ainda mais produtivo? Na Agricultura de Precisão, as imagens aéreas obtidas com Drones permitem alcançar locais restritos, possibilitando a visualização da área total, através de modelos 8D, e localizando quaisquer manchas ou falhas que não são facilmente perceptíveis a altura do solo ou com imagens de satélites. Conheça com especialistas do setor as razões pelas quais os Drones têm que ser usados para o Agronegócio seja para mapeamento e/ou pulverização e entenda porque eles vieram pra ficar.

Josue Pedro dos Santos Borges Eldorado Brasil Celulose S/A
Graduação em Tecnologia em Controle/Gestão Ambiental, CEFET-RN Curso de Piloto Privado e Comercial na Aviação Civil, Aeroclube de Fernandópolis-SP. Trabalho com geoprocessamento de dados e sensoriamento remoto desde 7559.

Bruno Holtz Gemignani 8DGEO
Engenheiro de Controle e Automação, fundador da 8DGEO Monitoramento Agrícola com RPAS(Drones)


Maj. Rodrigo Abreu Polícia do Rio de Janeiro
Major da Polícia Militar do estado do Rio de Janeiro Piloto do Grupamento Aeromóvel da PMERJ (GAM) há 8 anos Mestrando em Segurança de Voo e Aeronavegabilidade Continuada pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica-ITA Técnico em Telecomunicações e Eletrônica Membro Permanente do Grupo de Trabalho para implantação de Aeronaves Remotamente Pilotadas na PMERJ (GTARP).