Home

Fotografia DG - Referência em Dicas de Fotografia

Como decidir que características sobre o personagem você deve incluir em cada parte do texto e quais deve deixar de fora? Inclua apenas as características necessárias para fazer o leitor pensar o que você quer que ele pense sobre o personagem em cada cena da história.

SENAR-PR

Prezado visitante: por favor, não republique esta página em outros sites ou blogs na web. Ao invés disso, ponha um link para cá. Obrigado.

Oque torna um personagem inesquecível? | Ficção em Tópicos

No início do livro “Extraordinário”, sabemos que o desejo de August de ter um rosto diferente é motivado por sua aparência incomum. Mas essa é apenas a ponta do iceberg, a explicação racional do personagem. Não sabemos porque verdadeiramente ele deseja isso. Para desenvolver essa história, a escritora R. J. Palacio precisou, em algum momento do processo de criação, considerar as motivações emocionais que despertaram em August esse desejo e, consequentemente, fizeram o personagem se tornar a pessoa que se tornou.

Modos de Narração | Ficção em Tópicos

Flashbacks são  cenas que mostram um acontecimento passado na vida de um personagem ou no universo da história. São usados quando o escritor acredita ser importante que o leitor testemunhe em primeira mão algo que aconteceu antes da história começar, ao invés de lhe passar as informações usando sumário narrativo.

Em texto ficcionais, existem cinco perspectivas sobre o tempo a serem consideradas: o tempo cronológico, o tempo histórico, o tempo da ação, o tempo psicológico e o tempo do discurso. Essas cinco perspectivas constituem o tempo narrativo, a forma como o leitor sente a passagem do tempo durante a leitura.

Um diálogo é uma troca de ideias entre dois ou mais personagens, que permite aos leitores tomar contato direto com eles, sem a intermediação de um narrador.  Diálogos colocam os personagens em frente ao leitor e passam a sensação de que a cena está acontecendo em tempo real.

A resposta para essa pergunta é: sim, é possível viver de fotografia. Porém, assim como acontece em qualquer outro ramo de atuação, você precisará encarar alguns obstáculos e ter determinação para superá-los.

São textos onde o escritor decodifica sua ideia com o maior grau de fidelidade e precisão possível, guiando a percepção do leitor para conclusões fechadas e nítidas, que não deixam dúvida sobre o que ele deseja expressar. Tais narrativas criam um contexto que permite ao leitor entender claramente a relevância das informações incluídas na história e o significado do texto.

Ironia verbal é quando um personagem ou narrador diz alguma coisa, mas tem a intenção de expressar o oposto do que diz. Essa ferramenta é um sinal para o leitor de que o significado do texto não deve ser interpretado literalmente, considerando apenas as palavras usadas, mas sim dentro do contexto em que foram ditas.

O uso dos separadores de canteiros, apesar de abominados por alguns, també m ajudam a reduzir o tempo gasto com manutenç ã o. A questã o aqui, acredito eu, tem mais haver com o uso correto dos separadores, que devem ficar quase invisí veis, e nã o metade para fora, como costumamos ver por aí . Alé m dos separadores plá sticos, encontrados em rolos, nos garden centers, podemos utilizar materiais alternativos para delimitar os canteiros. Cepos, blocos de concreto, tijolinhos, pedras, muretas construí das, bambu, entre outros materiais, podem ser aproveitados para delimitar os canteiros de forma graciosa. Mas atente para que o material escolhido combine com o estilo do seu jardim e o fique com aspecto artificial.