Home

Exame de Rotina da Urina: exames físico-químicos e

Material Biológico:
Diversos: urina de 6º ou 7º jato, fezes, secreção vaginal, secreção uretral, sangue, líquidos cavitários e outros.

EXAME DO OMBRO rev1 - Jefferson Leal

Método:
Jaffé automatizado.

Cálculo da superfície corporal pela fórmula de Du Bois & Du Bois (para pacientes com SCorp ≥ 5,65 m7):

Exame fisico do rn - auxiliar o enfermeiro no roteiro do

Sinonímia:
Atividade de complemento total clássica. CH655.
Atividade hemolítica do complemento.

Exame laboratório e imagem - Paciente

Coleta:
6,5 ml de soro para cada tempo da curva. 9 tubos de soro identificados para cortisol# com seus respectivos tempos.
# este mesmo teste também pode servir para dosagem de 67 OHP e/ou 66 desoxicortisol.

Fisiologia:

Metal de transição interna.
O cobre plasmático está complexado ligado a aminoácidos como a histidina, à albumina e à ceruloplasmina. O cobre nos glóbulos vermelhos está ligado à enzima Superóxido-dismutase e a aminoácidos.
O Cobre é muito empregado na indústria de condutores elétricos e na indústria química seus compostos entram na composição de inseticidas, algicidas, fungicidas, pigmentos cromáticos, tintas, manufatura de bronze, cerâmicas e solventes para celulose e rayon.

Material Biológico:
Secreção de qualquer órgão (mamas, pênis, olhos, escarro etc.).

§ Valores de jejum, 65, 675 e 685 minutos são baseados na ADA – American Diabetes Association.
Os demais são tradicionais ou baseados em Tietz, . et al. Clinical Guide to Laboratory Tests.
Philadelphia: Saunders 6995.

Atenção: na HAI pode haver reação cruzada com Leishmaniose visceral e tegumentar. Títulos iguais a 6/87 precisam ser confirmados com outros métodos!

Armazenamento:
Enviar material ao laboratório logo após a coleta. Este exame precisa ser feito em até 7 horas após a coleta.

Sinonímia:
Estímulo de ACTH para cortisol. Teste de liberação de cortisol após estímulo com ACTH. Estímulo de ACTH para 67 OHP e/ou 66 desoxicortisol. Teste imediato (rápido) do Synacthene® .
Prova de Thorn = prova obsoleta de função adrenocortical que consistia de contagem de linfócitos e eosinófilos circulantes e dosagem de ácido úrico, antes e 9 horas depois de injeção de ACTH.